Como Se Tornar Um Asno Volante em 19 Lições Erradas

Quem já leu, 

fala. 

 

 

R$20,00 c/ frete grátis para todo o Brasil

Saiba mais

   
 


"'Asno Volante' é interessante, divertido, didático, educativo e cheio de humor positivo."

Lourdes Pass - Guarulhos/SP - 09.09.2013.


"J.R.Jerônimo é daqueles escritores raros, que consegue pegar o leitor pelo 'colarinho da curiosidade' e não o largar até que o mesmo tenha lido a última página do seu livro.
O humor com que consegue contar suas estórias é surpreendente.
Num mundo em que humor é sinônimo de baixaria, Jerônimo, o usa para aguçar a curiosidade daquele que tem o seu livro entre as mãos.
Parabéns pela iniciativa; pelo assunto que a sua mais recente obra aborda.
Desejo sinceramente que seja líder em vendas, num tempo onde o banal é tão valorizado.  
Que as suas pérolas possam resplandecer nas bancas e nas livrarias...
"

Cristiane Santos - Escritora - Guarulhos/SP - 16.05.2013


"Leia, é muito bom."

Engº Maurício dos Santos - São Paulo/SP - 14.05.2013


"Quero te parabenizar pela grande obra, e te dizer que terminei de ler, e achei muito importante e ao mesmo tempo divertido. E a partir dessa leitura mudei o meu conceito com relação ao comportamento no trânsito.
Apesar de não ser muito imprudente acho eu!..."

Marino - Mestre Irapuru - Capoeira - Guarulhos/SP - 01.02.2013


"Caríssimo Jerônimo
Senso de humor notável.
Cumprimento-o efusivamente pela forma eficiente e adequada com que se envolveu na execução deste singular processo educativo...
Parabéns!!
Cordialmente,
"

Lineu Roque Aceiro - Escritor, Membro da A.G.L. Academia Guarulhense de Letras - Guarulhos/SP - 26.10.2012


"Bom.  Primeiramente gostaria de agradecer a oportunidade de falar sobre este que é um dos melhores livros sobre trânsito que eu já li.

Acho que o livro aborda de uma maneira irreverente e descontraída um dos assuntos mais importantes e preocupantes relacionados ao trânsito, mais especificamente ao condutor.

Na minha humilde e leiga opinião acho que deveria ser obrigatório a leitura deste em todo curso de CFC do país para que os novos condutores vejam que muitas das atitudes que hoje são tidas como normais são na verdade o mal do trânsito.

Acho que já me prolonguei demais e deixarei espaço para outros comentários.

Grato pela Oportunidade
"

Eduardo Habyak de Freitas - Técnico de Segurança do Trabalho - Guarulhos/SP - 16.03.2011 


"O livro é muito divertido.  É uma forma lúdica de educar.
Parabéns.  Um abraço."

George J. Marques - ABETRAN - Associação Brasileira de Educação de Trânsito - www.abetran.org.br 

Belo Horizonte/MG - 27.08.2010 


“Olá como vai? Não sei se você vai lembrar de mim, eu estava no lançamento do seu livro; Como se tornar um Asno Volante, que por sinal é muito bom, eu gostei muito.”

Suzely Serqueira - Escritora - Guarulhos/SP - 24.08.2010


"Passei bons momentos lendo este livro. E aprendi bastante, também. Mas elogios só olham prá trás.
Olhando prá frente: uma sugestão seria alardear não só as besteiras que os motoristas fazem, mas também as besteiras cometidas pelos responsáveis pelo trânsito.

Exemplos do tipo tempos de amarelo insuficientes, postos de gasolina em esquinas com toda a extensão rebaixada, obrigação de avisar antecipadamente quando houver um equipamento fiscalizador de velocidade (aliás, sugiro, por isonomia, que os fiscais de higiene sejam obrigados a agendar com antecedência suas vistorias nos açougues, bares e restaurantes. Que absurdo eles aparecerem de repente, sem avisar, e multarem os pobres comerciantes. Temos de educar os comerciantes; não multá-los!!). Infelizmente, você vai ter muito o que falar se resolver aceitar minha ideia.
Parabéns, continue na luta. Não somos muitos e não temos praticamente nenhum poder. Mas creio que temos uma arma poderosa que é a persistência.
Somos mais chatos do que eles. Um dia a gente consegue evitar que as pessoas fiquem se matando no trânsito."

Luis Vilanova - Engenheiro de Trânsito - São Paulo/SP - 07-2010


"Um livro para ser sonorizado, para o motorista ler sem soltar as mãos do volante."

Eugenio Asano - Escritor, contista, poeta e editor de livros artesanais. - Guarulhos/SP - 07-2010


“COMO NÃO DIRIGIR MAL.  Livro do administrador, escritor e motorista José Roberto Jerônimo é uma boa opção para aprender o que não se deve fazer ao volante. Em Como Se Tornar um Asno Volante em 19 Lições Erradas, ele ensina tudo ao contrário, fazendo com que as pessoas se divirtam enquanto leem. Nas lições, literalmente erradas, o autor brinca com hábitos rotineiros dos motoristas. Mais informações no site do autor: www.jrjeronimo.com.br."

Roberta Soares - Jornal do Commercio do Recife - Coluna: “De olho no trânsito” - Recife/PE - 06.07.2010


"Achei a leitura bem tranquila e a ideia muito interessante. Não sei exatamente para qual público escreveu, mas creio que os adultos (os que dirigem há um bom tempo) vão se identificar com alguns personagens. Trata de forma bem humorada alguns vícios que muitos motoristas insistem em manter. Espero que o livro seja um sucesso e que os leitores/condutores compreendam a mensagem e passem adiante.

Idaura Lobo Dias  www.educacaoetransito.com.br -  Pinhais/PR - 06.2010


"Boa leitura, e uma sugestão de presente para todas as idades."

Dr. Salomão Rabinovich

Diretor do CEPAT Centro de Psicologia Aplicada ao Trânsito

Presidente da AVITRAN Associação das Vítimas de Trânsito - São Paulo/SP - 04.2010


"Acho que a educação de trânsito deveria ser adotada como matéria escolar. É simples de se verificar que os erros são aprendidos com vícios que estão na própria sociedade, sejam pais, irmãos, amigos e familiares, que fazem a ¨coisa¨ dirigir como se fosse uma brincadeira.

Como motorista achei muito divertida a forma como o autor expressa a inconsequência de uma boa parte de nós, de modo a conscientizarmo-nos para melhorar."

José Carlos Lima - Motorista Particular - São Paulo/SP


"Hoje trabalho como condutor de transporte escolar e vejo como eu dirigia e como as pessoas dirigem, sem preocupação com seu próximo. Cheguei até a pensar que todos que dirigem deveriam ter 2º grau, mas não é isto, vejo pessoas com carros modernos e caros fazendo coisas que fico abismado e sei que são pessoas de alto nível, pois são carros de 80, 100 mil reais. Espero que este livro possa abrir mais a mente destas pessoas. Já que não dá para reciclar todos os motoristas, espero que possam aqui aprender mais um pouco, para dirigirem com mais segurança."

Clóvis Rosa - Condutor de Transporte Escolar - Itaquaquecetuba/SP


"Sou motorista profissional e indico este livro também aos motoristas profissionais. E digo porque: Às vezes, na estrada, deparamo-nos com alguns colegas que nos deixam muito irados, ...mas muito irados mesmo, devido aos grandes riscos que suas atitudes nos expõem. Porém, vendo por outro lado, se nos colocássemos no lugar deles, também acharíamos que estávamos fazendo a coisa certa. Sendo assim, este livro cabe, também a nós, motoristas profissionais, para que possamos ser mais cuidadosos e pacientes neste nosso complicado trânsito."

Cláudio da Silva - Caminhoneiro - Guarulhos/SP


"Este livro é muito interessante. As pessoas aprendem com irreverência como se educar no trânsito, tendo também muitas informações importantes que precisamos utilizar no dia a dia.

Parabéns pelo ótimo trabalho. Recomendo a todos motoristas e não motoristas, pois é muito bom."

Ana Lúcia Casale - Motorista de Frota, Veículo Leve - Guarulhos/SP


...A cada episódio lido fica a sensação de que tudo que você faz, de bom ou ruim, na direção de seu veiculo é observado por alguém. ...Qualquer um com um mínimo de consciência tentará alterar o seu estilo de direção depois de ler algumas páginas deste livro. ... Atitudes simples poderiam mudar esse círculo vicioso de todo mundo só querer levar vantagem. Se cada indivíduo tiver pelo menos um gesto de gentileza por dia no trânsito será como um efeito dominó positivo."

Wilson Romero - Motorista de ônibus Coletivo - Arujá/SP


"Este livro não é aquela coisa maçante que vemos nas auto-escolas sobre como não se comportar atrás do volante, quer dizer, não que o que elas ensinam esteja errado, mas a forma de como é passada a informação, tipo faça isso ou não faça, como diria um professor que tive, é "informação compactada".

Nele são expostas lições de comportamento, ou melhor, de não comportamento, de uma maneira bem humorada (isso cativa o leitor) e descritas por meio de comentários de personagens que, se me permite, tornaram-se "asnos volantes".

Em minha opinião, este livro deveria fazer parte do complemento didático das autoescolas, tanto para aqueles que nunca dirigiram, como para os que já dirigiram, mas se importam com as consequências que o mau uso de um veículo pode ocasionar. Porque tem aqueles que apenas passam pelo CFC (Centro de Formação de Condutores) para ter a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e o que vai acontecer depois é só um detalhe; ou aquelas pessoas ingênuas que pensam "isso nunca vai acontecer comigo".

Também deveria ser material do currículo escolar, conscientizando futuros motoristas desde cedo, assim como outras literaturas que ajudam aos professores em sua didática.

Eu tenho um veiculo adaptado e devido a essas limitações o fator dirigir com segurança tem que ser mais que redobrado, já que os comandos de acelerar e frear estão direcionados para as mãos, que também devem acionar o câmbio para troca das marchas e ao mesmo tempo controlar a direção e as demais funções do carro, localizadas no volante.

Infelizmente não tenho o hábito da leitura. Às vezes começo a ler um livro e demoro a terminá-lo ou nem o termino. Ao contrário deste, que li em pouco tempo e gostei. Não só por mostrar como não se deve agir, que a meu ver é o objetivo do livro, mas principalmente a maneira como isso é descrito, e repito, com bom humor e sem fugir do foco principal."

Ricardo Etelvino Dias da Silva - Comprador -

Motorista portador de deficiência - dirige veículo adaptado - Guarulhos/SP - 04-2010


"Querido amigo J.R.Jerônimo, saiba que, independentemente de nossa amizade, o que muito me orgulha, é que seus trabalhos são sempre dignos de destaque, pela competência e inúmeros outros predicados.

Neste livro você demonstra que, de uma maneira muito divertida e simples, conseguiu traduzir as grandes dúvidas da maioria dos motoristas brasileiros. Acho que o uso do humor intensifica o aprendizado e torna a leitura mais agradável.

Desta forma receba meu fraternal abraço e votos de sucesso."

Ariani dos Santos - Pedagoga e Analista de Qualidade - Guarulhos/SP - 04-2010


"Gostei muito do livro, pois o autor conseguiu passar informações sérias sobre nosso Código de Trânsito de uma forma cômica.

Infelizmente temos muitos asnos volantes como retrata o livro, pessoas totalmente sem condições de dirigir um veículo, principalmente em uma cidade como São Paulo.

De qualquer forma espero que este livro ajude a dar um alerta para estas pessoas."

José Augusto B. Guimarães - Produtor Gráfico - São Paulo/SP


"...achei muito divertido e ao mesmo tempo educativo, ...um livro completo e gostoso de ler, interessante é que em um caso ou em outro acabamos por nos encaixar nas situações. Acho que devo agradecer, pois faltava mesmo no mercado algo que mostrasse às pessoas o jeito errado que elas geralmente fazem e o jeito certo de fazer. Porque quem faz errado muitas vezes nem percebe que está errando e até acha certo ou não se importa pelo jeito que dirige. É muito importante ter este livro até como um manual de consultas, para tirar dúvidas sobre multas, códigos e leis, que em certos casos é difícil de se obter informação. Que este livro seja recomendado por cada pessoa que o ler, pois assim estaremos criando um mundo muito melhor de dirigir e viver!"

Marcelo Vieira Almada - Motorista Executivo - São Paulo/SP


Voltar